Vol.4 - O Termômetro e o Vestibular

Nenhum médico é o causador do mal que acomete seu paciente. O termômetro, muito menos. Mas o médico, dono e usuário do termômetro, é o responsável direto pela vida do doente. Fazer o possível para manter e remediar a saúde humana é dever de todo e qualquer médico.

O Vestibular, assim como o termômetro, não é o causa dor do mal que corrói o sistema educacional brasileiro. Não é culpa do Vestibular os baixos salários dos professores, a falta de material didático ou o estado lamentável de muitos prédios escolares. Não é em função do Vestibular que o Brasil compete em índice de analfabetismo com Nicarágua ou Honduras. Não é graças ao Vestibular que apenas um, em cada cem estudantes, consegue atingir e concluir o curso superior.

Entretanto, o Vestibular jamais poderia ser culpado desses males. Afinal, trata-se de um processo. Processo esse criado e dirigido por seres humanos. Senhores públicos secretários da educação – Ministro da educação, Senhores que são, estes sim, responsáveis pelo sistema educacional brasileiro.

Ora, se o termômetro indica o favorecimento de uma parcela mais rica da população, é porque há algo de errado. Mais que isso: esse algo de errado já foi detectado pelos senhores responsáveis pelo ensino no Brasil. E esses senhores, médicos do sistema educacional brasileiro, sabem da doença, mas nada fazem. Como chamar a isso? Omissão?

Os mesmos senhores que fazem o Vestibular, sabem das carteiras quebradas, dos professores mal pagos, do analfabetismo, mas lavam as mãos. E assim, o Vestibular continua barrando os jovens do morro e das favelas.

Escrito por ÞH †µx às 12:18:14
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, ITU, CIDADE NOVA I, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, Informática e Internet, Games
MSN - rapha_bolhoman



Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Caganda
Super Mario Bros. Z - Brasil